• @memoriasabordo

Caribe Brasileiro: Maceió

Mais de 300 km de um litoral lindo, e zilhões de praias lindas. Tem praias, dunas, rios e cânions maravilhosos, e ainda rola sertão com um cultura grandiosa, gastronomia de enlouquecer turista e muitos passeios imperdíveis.


O que fazer em Maceió:

1. Farol de Ponta Verde


Na maré baixa dá pra caminhando até lá e tirar fotos lindas. No caminho você vai ter o prazer de conhecer várias 'piscininhas' calmas e rasinhas e ainda encontrar lindos peixes, estrelas do mar e etc bem no rasinho. Mas cuidado, não demore muito por lá, pois a maré pode subir e você ter que voltar a nado.



2. Praias urbanas: Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca


A orla de Maceió é considerada uma das mais uma das mais bonitas das Américas e conta com essas três belas praias urbanas – nelas se concentram as principais atrações turísticas da capital alagoana. Aproveite e tire aquela foto de respeito no tótem com o nome “Eu Amo Maceió”, que fica na orla.



| • DICA • | Aos domingos um grande trecho da orla da Praia da Ponta Verde fica fechado para a passagem de carro, ideal para passear com a família. Pra quem vai com a criançada é uma excelente opção de diversão.


3- Feirinha de artesanato da Pajuçara


Nessa feitinha é possível encontrar de tudo, desde temperos da culinária local até artigos de decoração mais sofisticados.


4- Passeio de jangada


Fazer o passeio de jangada pelas Piscinas Naturais da Pajuçara é quase obrigatório para quem visita Maceió. O trajeto de jangada até as piscinas dura menos de 15 minutos. Ao chegar, é possível relaxar nas águas tranquilas, tomar uma bebida direto no abacaxi ou comer um camarão no espeto. Tudo isso oferecido em jangadas ecologicamente corretas, que ainda disponibilizam máscaras de mergulho para quem quer ver de perto o “sargentinho”, peixe muito típico da região.


5. Praia do Francês, Barra de São Miguel e Praia do Gunga


Escolha uma das praias do litoral norte ou do litoral sul e faça um bate e volta. Nós visitamos a Praia do Gunga e também fizemos um passeio de quadriciclo por lá: ela é considerada uma das mais belas praias do Brasil, e é lindamente cercada por coqueiros. Lá tem um mirante onde você tem uma vista linda da praia e arredores.


6- Maragogi


Esse é o principal passeio para as piscinas naturais. A região é conhecida como Costa dos Corais, e possui a segunda maior barreira de corais do mundo, com uma vida marinha repleta de exuberância. Existem várias piscinas naturais na região, porém, as mais visitadas são as Galês de Maragogi, a piscina natural de Taocas e a de Barra Grande. Se tiver apenas um dia dê preferência as Galês que é a mais famosa. Maragogi fica situada a pouco mais de 2 horas de Maceió, a estrada é boa em ambos os sentidos e é bastante fácil o acesso.


7- Lago Azul


Esse lugar foi um achado de última hora durante a viagem. É um lugar pouco falado entre os turistas e é uma área particular. Está localizado no município de Marechal Deodoro, cerca de 32 km de Maceió, e é um refúgio para quem busca o contato com a natureza. Esse lago é formado pela represa de dois rios que deságuam em uma piscina natural de águas azuis inpressionante. Na época, pagamos cerca de 20 reais para visitar o lugar.


8- O 'Velho Chico'


Navegar pelo Rio São Francisco é uma experiência inesquecível, É histórico conhecer uma parte desse rio que corta cinco estados e tem mais de 2 mil km. Este é um passeio que vai tomar o dia todo. Nós alugamos um carro e dirigimos muitos Km até chegar na cidade de Piranhas ou Canindé para pegar o catamarã pro passeio - os catamarãs partem diariamente do complexo turístico conhecido como Karrancas, que é também um restaurante. O passeio de catamarã dura cerca de três horas e custa R$ 84.


O Cânion do Xingó - nosso objetivo nesse passeio - fica entre os estados de Sergipe e Alagoas. O Cânion, no Rio São Francisco, é um verdadeiro tesouro escondido, e é uma delícia navegar por suas águas verdes e seus paredões de pedras alaranjadas. Os cânions do rio São Francisco, que estão em quinto lugar no ranking dos maiores cânions navegáveis do mundo.


O passeio de catamarã em si é só a navegação por entre os paredões de rochas do rio São Francisco. Esse trajeto dura uma hora até a grande piscina natural, onde todos podem descer do barco e nadar. Além disso, o ponto alto é poder alugar passear em um barquinho por 10 reais e navegar na parte mais estreita do cânion, chamada de “paraíso talhado” onde é o trecho mais bonito de todo o passeio.


Depois de uma hora parado nessa região, é hora de voltar a Canindé ou Piranhas. Lá é servido o almoço e após isso todos voltam aos seus hotéis, ou às capitais.


 

ONDE SE HOSPEDAR?


A Praia da Ponta Verde é o melhor lugar pra se hospedar. é a mais conhecida e é um dos principais cartões portais da cidade, com uma tima orla para prática de atividades ao ar livre; uma praia com água quente e transparente que é um convite ara prática de atividades náuticas a exemplo do SUP, caiaque, vela, natação e até mesmo um mergulho com snorkeling; tomar uma água de coco e comer uma deliciosa tapioca.


Nos hospedamos no Hotel Maceió Mar, um hotel lindo e de frente pra praia. Perfeito para bater muita perna pelo calçadão e feirinhas. Reservar


E aí? Me conta! Já tá de malas prontas no 'Caribe Brasileiro'?!


:: Acompanhe nossas viagens em tempo real no nosso Instagram: @memoriasabordo

 

Por Memórias a Bordo - 2021