• @memoriasabordo

6 lugares imperdíveis em Jericoacoara

Aaahh Jeri!!!! A inusitada, pacata e mágica vila de pescadores que fica a 300 km de Fortaleza. Jeri é simplesmente incrível!!


A Vila é cercada por lagoas de água doce cristalinas e azuis, mar calmo, mangues, praias desertas e dunas gigantes, onde é possível admirar o pôr-do-sol mais famoso do Brasil.


A vila tornou-se Área de Proteção Ambiental (APA) e tornou-se Parque Nacional em 2002 conservando praticamente intacta sua beleza natural. Então, lagoa, praia, mar, sol, dunas, vento.... não preciso nem dizer que você não vai conhecer um lugar tão encantador né?! Vem logo pra Jeri!!!


Passamos 4 dias nesse paraíso e foi um tempo bem legal pra conhecer tudo com calma.


| • DICA • | Evite levar malas de rodinha por causa das ruas de areia, com certeza as rodinhas não vão te ajudar em nada!



O que fazer em Jeri:


1. Pedra Furada


O famoso cartão-postal de Jeri é uma pedra bem alta e, como diz o nome, com uma fenda no meio. Com trinta minutos de caminhada a partir da praia de Jericoacoara é possível chegar até lá. Mas dizem que rola muito assalto no caminho, então, contratamos um passeio de buggy que nos deixou bem perto, precisamos fazer uma pequena caminhada até chegar na pedra. O cenário é bem bonito um monumento natural, feito pelas mãos do Criador!


2. Árvore da Preguiça


Uma das poucas árvores que resistem ao vento e ao calor intenso. Tem esse nome devido a sua dificuldade em se erguer, parece estar rastejando. Isso aconteceu por causa dos fortes ventos que cortam a região da praia do Preá, onde ela se encontra. Com o vento, a árvore não teve força suficiente para se erguer e é agora um ícone de resistência no meio das dunas e mar. É possível visitar a árvore no caminho para a Lagoa Azul. No passeio de buggy a parada para conhecer a árvore está incluso.


3. Centrinho


Todas as ruas são de areia. Não existe iluminação pública, o que faz da noite em Jeri um espetáculo a parte. Quando a gente chega em Jeri, parece que voltamos no tempo, na vila só é possível circular a pé, a cavalo, buggy ou algum carro 4x4, o que torna a os dias lá ainda mais interessantes.


Hoje em dia, Jeri tem muitas lojinhas, restaurantes e barraquinhas com culinária regional, nacional e internacional e também uma agitada vida noturna, mas tudo com a simplicidade de uma vila de pescadores. Em Jericoacoara, não há agências bancárias e caixa eletrônico, mas muitos lugares (não todos) aceitam cartões, melhor levar uma graninha em espécie.


4. Lagoa do Paraíso


A Lagoa é uma atração que não pode faltar na sua viagem para Jericoacoara. A lagoa é um paraíso do outro, é é uma espécie de praia de águas calmas que tem redes e espreguiçadeiras espalhadas pra você aquele momento "relax, tô de férias". Pra chegar lá é preciso contratar ou alugar um meio de transporte como buggy e quadriciclo. Nós visitamos a ALCHYMIST BEACH CLUB, e gostamos tanto que repetimos a dose no ultimo dia de viagem. A estrutura da Lagoa do Paraíso de Jericoacoara é rústica mas com cenário intocável!. Mas oferece conforto e charme pros visitantes: chuveiros, banheiros, restaurante, música ambiente, serviço de praia, guarda-sol, etc.


5. Duna do pôr-do-sol


o pôr do Sol da duna em Jeri é quase um momento sagrado de Jericoacoara. Todos os dias, às 17h, se vê uma longa fila de pessoas caminhando na direção da duna, tipo um ritual. Todos em busca de uma das cenas mais lindas de Jeri: o pôr do sol no mar!


Jeri é privilegiada por ser um dos poucos lugares do Brasil onde o sol se põe no mar, daí esse momento do dia vira um espetáculo com tons que variam entre o amarelo, laranja e rosa. Ainda estamos pensando se já vimos pôr do sol mais lindo. Se eu fosse você, não perderia esse espetáculo por nada.


6. Buraco Azul


Uma super nova atração de Jericoacoara - uma piscina azul-turquesa perfeita para o banho que virou um novo ponto de parada nos passeios. Ele surgiu com a escavação de areia para construir a CE-182, mas com as fortes chuvas de 2019, acumulou água, e o buraco azul virou a mais nova atração de Jeri. Após estudos, foi constatado que a água é própria para banho.


 

Transporte


A chegada a Jeri é uma aventura à parte, alugamos um carro em Fortaleza e enfrentamos 300 longos km na rodovia CE-085 até Jijoca de Jericoacoara, a estrada é asfaltada até determinado ponto, mas é muito mal conservada - melhor fazer o caminho durante o dia para evitar incidentes. Como não é possível chegar de carro até a vila, quando chegamos em Jijoca, procuramos o "estacionamento do Joel" onde deixamos o carro guardado durante nossa estadia na vila. No próprio estacionamento, a gente pega uma "jardineira" - caminhonete D20 4x4 com bancos adaptados para transportar pessoas em sua carroceria - que te leva até o centrinho da vila de Jeri.


| • DICA • | em Jijoca, algumas pessoas em uma moto nos abordaram oferecendo o serviço de guia, para mostrar o caminho até a vila indo em 'nosso próprio' carro, dizendo que conheciam um caminho que não "atola". Apesar de ficarmos tentados, não aceitamos o serviço, optamos pelo estacionamento do Joel e fomos de jardineira mesmo. E não nos arrependemos.


O caminho é beeem complicado, em meio a muitas dunas e sem nenhuma sinalização. Ao chegar em Jeri, não é permitido entrar lá de carro, você tem que deixar o carro na entrada da vila (em um estacionamento pago da prefeitura) e partir pro centrinho da vila de buggy-táxi. Achamos bem mais conveniente ir de jardineira e evitar todo esse trabalho.

 

Hospedagem


O melhor lugar pra ficar é próximo à praia principal e pracinha, é ali que tudo acontece em Jeri, é de onde saem os passeios, saem e chegam as jardineiras, a vida noturna etc. Ficamos hospedados bem no centrinho e bem pertinho da praia principal, na pousada Baobá - super recomendamos! - simples, confortável, linda, atendimento mil, perto de tudo e ótimo preço. Reservar.


Salvou as dicas? Já manda o link pro 'love' que vai te levar pro paraíso!


:: Combine Jericoacoara com Fortaleza e Canoa Quebrada. Leia o post aqui.

:: Acompanhe nossas viagens em tempo real no nosso Instagram: @memoriasabordo